Leia Entrevista com a Campea Joyce Loomis
25/04/2007
« Voltar

Joyce Loomis-Kernek foi convidada pela Fazenda Nossa Senhora de Lourdes e ficou no Brasil do dia 28 de fevereiro ate o dia 5 de marco. Ela e sem duvida um dos maiores nomes da modalidade Três Tambores no mundo.

Qual a sua opiniao sobre como os cavalos de tambor evoluiram no Brasil desde sua ultima visita em 2003?
Eu observei varias mudanças importantes. Hoje existem mais associações de tambor, o formato D (divisoes de tempo) foi introduzido e recordes estão sendo quebrados. Eu reparei que existe um numero maior de mulheres querendo ser treinadores e um interesse maior em manter os cavalos trabalhando após o treinamento.

Comente se possível quais as tendências que você tem observado mundo afora na modalidade três tambores?
A mesma dinâmica esta acontecendo no mundo. Eu exportei o primeiro cavalo de tambor para a Republica Checa ano passado e ele acabou ganhando o campeonato Europeu. A modalidade hoje esta presente em Israel e vários outros paises que nunca tiveram nada desta modalidade. A internet e programas de intercambio provavelmente ajudaram muito na expansão da modalidade mundo afora. E o efeito da globalização!

Como anda a modalidade nos EUA?
Nos EUA, nos tivemos nossa primeira prova com 2,500 inscricoes em novembro passado. A modalidade tem crescido de forma espantosa, em pulos e algumas provas agora oferecem de 6-8 divisoes de premiação (hoje no Brasi são de 3-4). Quanto maior o numero de dividoes, maior sera o numero de inscrições. O formato D foi a maior e mais importante razão pelo crescimento acelerado da modalidade nos EUA.

Fale um pouco sobre a pista. Qual seria a pista ideal para que o cavalo otimize sua perfromance?
Eu já corri cavalos em todos os tipos de pista. A minha pista tem 41x140 metros. Eu monto vários circuitos para excercicios, inclusive um de baliza e de tambor. Os cavalos tem que aprender a correr em qualquer pista e sair de qualquer porteira (seja um corredor ou não) se eles quiserem ter sucesso no circuito do rodeo. Um bom piso e fundamental e ideal para que o cavalo mostre toda sua capacidade. Se eu observar que o piso e ruim e não esta oferecendo segurança ao cavalo, eu simplesmente vou embora. O cavalo perde a confiança nas pistas com piso ruim quando ele perde a tração das pernas, fora o risco de machuca-lo.

Qual o seu segredo para o sucesso na modalidade de tres tambores?
1) Sempre treinar – com chuva sol, vento, neve ou mesmo se eu estiver cansada! 2) Selecionar o tipo de cavalo que se encaixa comigo e que eu goste de treinar; 3) Treinar cavalos que terão longevidade e amar a corrida de tambor enquanto eles viverem; 4) SEMPRE aprender e aumentar o conhecimento sobre cavalos (alimentacao, manejo, veterinaria), como trabalhar melhor sua mente e sua conformação física; 5) Sendo 100% honesta comigo mesmo e sempre procurando maneiras de melhorar naquilo que estou deficitária; 6) Deus tem me abençoado muito alem dos meus sonhos!

Qual a sua recomendação para que um competidor alcance um sucesso parecido aqui no Brasil?
1) Seja fiel e consistente co aquilo que funciona para você; 2) Tenha os melhores cavalos que você possa achar; 3) Aprende sempre, mantenha uma mente aberta e sempre continue a crescer seu conhecimento sobre “horsemanship”; 4) Seja honesto sobre o seu treinamento, especialmente no que se refere ao que da errado e certo! 5) Estude vídeos dos cavalos correndo e treinando; 6) Ajude aos outros!

Nos parece que a industria do cavalo esta crescendo em todas regioes do mundo. Como esta o crescimento nos EUA?
O maior crescimento hoje esta nos estados em que se possa ter provas durante o ano todo. Os estados do Norte também estão crescendo, e muitas pessoas estão construindo arenas cobertas, mas muitos não conseguem treinar na neve e no frio. Muitos treinadores do Norte estão mudando para o Sul para que possam treinar o ano todo.

Qual a linhagem que esta em alta no momento na modalidade tres tambores nos EUA?
Os melhores garanhões foram recentemente eleitos. São eles: 1) Dash Ta Fame SI 113, 2) Designer Red SI 87, 3) Frenchmans Guy (no correu), 4) Vital Sign SI 105, 5) Dash For Perks SI 93. Esta lista foi tirada da SPEEDHORSE Racing Report e so inclui produtos que correram os potros do futuro. SI seria o Índice de Velocidade na corrida.

Os cavalos da linhagem de corrida estao dominando a cena no Brasil, especialmente devido a quebra do recorde para uma pista official pelo Victory Fly. Qual a sua opinião sobre o uso da linhagem de corrida na modalidade três tambores?
Quando recordes são quebrados, as pessoas tem uma tendência natural de procurar aquilo que esta dando certo. Eu so trabalho e treino com cavalos que tenham uma linhagem de corrida porque eles dominam de forma clara aqui nos EUA Em 1997, um cavalo chamado Wilky Nick Bar apareceu. Ele foi o único cavalo na historia que ganhou todas as corridas no World Championship Futurity. Ele também ganhou o AQHA Futurity. Ele era fechado em corrida, seu pai era um QM de corrida e sua mãe uma puro sangue inglesa- PSI (Staunch Avenger). Muitos então começaram a fazer o cruzamento de PSI com QM de corrida e eu acredito que o Wilky Nick Bar foi o comeco de tudo isso. Eu tenho dois animais no haras que são produtos de QM com PSI. Eu fiz o cruzamento de duas éguas QM de corrida com um PSI que ganhou US$500,000 em prêmios e correu o quarto-de-milha tão rápido como os QM. Eles são muito poderosos para andar e tem uma velocidade impressionante. Não são fácies de treinar como os QM de corrida puros, e uma pessoas descordam de mim!

Voce acredita no cruzamento de cavalos de corrida com cavalos de apartacao/rédeas? Os cavalos com linhagem fechado em apartação/rédeas estão ganhando nas provas de tambor nos EUA?
Hoje, isso iria depender para qual D você esta fazendo o cruzamento. Eu, por exemplo, faço o acasalamento e treinamento para cavalos que irão, se tudo der certo, ir parar nas finais do National Finals Rodeo e farei o acasalamento em cima daquilo que esta dominando nas provas. Você nunca sabe de onde vem o próximo campeão, mas na sua maioria eles vem da linhagem de corrida. Sim, existem alguns cavalos fechados em apartação ganhando, mas você tem que se lembrar que aqui existem ate 8 divisoes (D) nas provas. Os cavalos de rédeas hoje estão sendo treinados para manterem um linha de pescoço muito baixa, e isso não funciona para um cavalo que tem que correr muito! Nos não estamos vendo hoje cavalos da linhagem de rédeas no tambor como víamos antigamente.

Oque voce procura num cavalo para a modalidade de tres tambores? Como você pesa na sua decisão a questão velocidade vs habilidade na virada do tambor?
Eu sempre procuro um cavalo bem balanceado na sua conformação. Eu gosto de um jarrete baixo e quartelas pequenas. Eu quero que o seu casco seja grande o suficiente para agüentar o seu corpo. Muitos dos cavalos de corrida estão ficando com os pés/mãos cada vez menores! Que quero que os pés/mãos sejam proporcionais ao seu corpo. Eu gosto de uma linha de dorso curta e um linha de baixo comprida, com um pescoço alinhado e comprido com um pouco de espaço na garganta (2 dedos). A questao velocidade vs habilidade tem muitos pros e contras. O SI (índice de velocidade) foi desenvolvido para que se pudesse comparar os cavalos e sua velocidade em pistas individuais. Ele não nos diz se o cavalo e capaz de reunir, focar no tambor, sair da porteira com grande velocidade e girar os tambores mantendo aquela velocidade e finalmente ser mentalmente apto para que ele possa ter uma longa vida como esportista. Eu já vi muitos cavalos que saíram das pistas de corrida com ótimos índices de velocidade e quando foram para os futurities não vingaram como bons cavalos de tambor. Em contra-partida eu vi o Designer Red SI 87 que provou que pode correr e ganhar dos melhores cavalos no tambor mesmo tendo um SI baixo. Ele foi o cavalo do ano pela BFA, Campeão Mundial e hoje esta provado como um reprodutor. A verdade e que os cavalos precisam de velocidade e habilidade nas arenas para poder reunir e sair rápido e assim terem alguma chance de vitória.

Qual a sua sugestao para os novos competidores que estao investindo na modalidade?
Faça o seu dever de casa e sempre avalia qual cavalo e melhor para você. Quando o competidor e do nível 3D por exemplo, eu vou procurar um cavalo 3D para ele. Nunca compre um cavalo que seja de um nível mais alto que o competidor, mas sempre que melhorar, procure um cavalo melhor. As maiores decepções vem quando se tem um competidor de 3D com um cavalo do 1D. Seja honesto sobre a sua capacidade e qual cavalo se adapta a sua realidade como competidor.

Voce curtiu sua estadia no Brasil? Oque você consegui realizar com sua vinda ao Brasil?
Eu adorei minha estadia no Brasil. E de longe meu pais preferido para visitar. Fiquei muito satisfeita de estar na companhia dos treinadores quando eles falaram em crias a Associação Brasileira dos Treinadores de Velocidade (ABTV). Eu acho que aquele dia vai ser lembrado como um dia muito importante na historia da modalidade de tambor no Brasil. Me lembrou do dia em que eu e mais quatro pessoas formaram a primeira associação de cavalos potro do futuro para o tambor.
Eu agradeço a Roberta e ao Thomas por reunirem um grupo grande de amigos para um ótimo bate-papo e um churrasco delicioso! Eu tive a oportunidade de conversar e montar ao lado de grandes treinadores e ver de perto sua tralha e cavalos. Eu sempre aprendo ao montar com outros treinadores. Adorei também que o Thomas me levou para a Fazenda Barrinha, que lugar fantástico, e vimos com muita alegria o Derby de apartação. Nos também visitamos o Ronildo Moraes no seu Haras Jaguary e ficamos espantados com a qualidade do CT e dos cavalos. Matar a saudade da nossa querida Gabi também foi especial e uma bencao de Deus.
Tive o privilegio de montar no Victory Fly e sentir como e o seu corpo e como ele funciona. Eu queria ter esta experiência! Eu já tinha visto o vídeo da quebra do recorde e fiquei curiosa para ver se ele era aquilo que o vídeo mostrava mesmo! Eu sabia que meu amigo Abelardo tinha treinado ele e estava muito curiosa para saber como ele se movimentava na pista. Aquele foi um momento especial para mim! Eu já montei nos grandes cavalos nos EUA e o Victory Fly sem duvida esta no time dos grandes cavalos de nossa historia! Ele tem tudo que se deseja num cavalo – o pedigree, a velocidade, o desejo da vitória, a conformação e grandes treinadores e competidores para montar nele! Ele trabalha sem esforço e tudo parece muito fácil para ele. Espero que ele trasmita tudo isso para os seus filhos e possa abençoar assim muitas pessoas no Brasil.
Roberta e Thomas – mais uma vez obrigado por fazer a viagem possível e pelo tempo maravilhoso que passei na Fazenda.
Agora e começar a planejar minha próxima visita e desejar a todos um ótimo ano!!



Comentários
» Enviar seu comentário


Ainda não existem comentários para esta notícia.
O Blog (painel de notícias) da Fazenda Nossa Senhora de Lourdes é um espaço criado para a divulgação de informações e troca de idéias, permitindo, inclusive, a participação de terceiros por meio de comentários. A opinião expressa nos comentários reflete a opinião do autor e, não necessariamente, representa a opinião da FNSL. A Fazenda Nossa Senhora de Lourdes não se responsabiliza pelo teor destes comentários. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do visitante que enviá-lo, sendo o número IP, data e horário da postagem armazenados em nosso sistema.
Fazenda N. Sra. de Lourdes - Jaguariuna:(19) 3867-1226. (11) 3071-3866 | Fazenda Estrela do Sul - Uberaba:(11) 3071-3866 . (34) 9960-6172
Desenvolvido por Mercado de Cavalos