Alguns Numeros Interessantes Sobre Corrida x Trabalho
29/10/2008
« Voltar

Levantamos o seguinte analisando as inscricoes da 5 Prova e a Revista Garanhoes APTB.

Sobre a 5 Prova, das 180+ inscrioes na Aberta, cerca de 20 cavalos eram da linhagem de corrida, 8 eram trabalho com corrida, e mais de 150 era da linhagem fechada em trabalho. Isso quer dizer que ~10% dos cavalos correndo na Aberta sao de corrida, uma numero muito baixo ainda, provando que a linhagem dominante em quantidade e a de trabalho. Nos EUA esse numero e exatamente o inverso! Por aqui vai demorar muito ainda para que a linhagem de corrida chegue perto mesmo dos 50% se e que vai chegar um dia.

Mas nos anuncios para os garanhoes nesta temporada a relacao e mais equilibrada, sugerindo que o pessoal ta investindo mais na linhagem de corrida que antes. De acordo com a ultima edicao da Revista APTB, cerca de 40 cavalos eram da linhagem de corrida e 60 da linhagem de trabalho. Provavelmente uns 2 anos atras essa relacao seria tambem de 10% corrida e 90% trabalho, mas hoje ja esta em 40/60.

Em 5 anos, a FNSL estima que o mercado de tambor correndo vai estar dividido em 50% trabalho e 50% corrida. Vamos ver!

Nota do blog: O cavalo de trabalho domina no Brasil por uma questao de tradicao nao de resultados, principalmente recentes (2006-2008). Os resultados estao aos poucos mudando a tradicao. Vai demorar muito ainda, ja que o treinamento e complexo e o preconceito enorme. Mas quando vemos haras como o ST, Two Brothers, Mosquito, Barrinha, ZD (sao grandes formadores de cavalos de tambor) entre outros investindo pesado na corrida, vemos que a direcao esta dada pelo mercado.

Quem gosta de corrida com trabalho tem um otimo ponto. Mas nao e qualquer trabalho que vai bem com corrida e vice-versa. Isso por enquanto e uma loteria. Mas imagina os filhos do VF com a Indiana, ST Lena Leo ou Ana Leo e por ai vai...show!!!!



Comentários
» Enviar seu comentário


27/11/2008
Rodrigo Monteiro

Eu acho que o grande numero de cavalos de trabalho em relacao ao numero de cavalos de corrida vem tambem pela lei da oferta e procura.

Ha um numero muito maior de cavalos de trabalho no mercado e o pequeno numero de cavalos de corrida tem o preço muito alto, assim, nao é qualquer um que pode ter um cavalo com linhagem de corrida, ao contrario do cavalo de trabalho, que, com a valorizacao da corrida, o preco sobe muito menos, ficando assim mais acessivel ao comprador.

Acho que com esse grande numero de haras investindo na corrida, a oferta vai aumentar, e o preco pode, aos poucos, ficar mais acessivel ao consumidor final.
14/11/2008
Giuliana

Caro André,

O cavalo de corrida descende de cavalos de trabalho com PSI. O QM foi desenvolvido para a lida com gado, no entanto a base do QM é o trabalho acho que nessa discução sou a unica adolescente, tenho 15 anos. Os cavalos de corrida por mais distante que seja tem linhagem de trabalho e PSI. O maior problema do cavalo de corrida é que são muito esquentados e amadurecem muito tarde, se eles não tem cabeça boa, acabam não rendendo nada...
05/11/2008
hernani

Acho que to ficando velho,nao desmerecendo o comentario da Marina (tambem pertinente),quis parabenisar na verdade a Giuliana (Madeleine dai a confusao) por seus comentarios.Nao tenho o prazer de te conhecer ,mas eu q vivo do cavalo, gosto muito de ler suas consideracoes muito semelhantes ao meu pensamento
04/11/2008
hernani

Prezados amigos de blog

Andre obrigado pelas palavras,Marina parabens pelos comentarios sempre pertinentes,realmente o cavalo de corrida e um tiro MAIS no escuro.

Cuido desta cavalada desde o inicio nas pistas,qdo nao da vida deles e sei q eles muitas vezes sao muito mal iniciados e MUITO anabolisados,isto nao e irreversivel so retarda e com[plica o manejo.

Eu mesmo ja desisti de alguns,pq no comeco pagava barato por eles ,mas agora ,depois do boom,temos q ser mais persistentes,pq nao ha mais cavalo de corrida barato

Resumindo se vc tiver a sorte ou o olho clinico para escolher um bom cavalo de corrida........vc ta feito

Boa sorte
03/11/2008
Andre Guimaraes

Concordo 100% com a Madeleine no conceito, mas nao na forma. A linhagem de corrida e melhor pq ela e a base de todo o QM. Quando se tem um individuo que sai da corrida com habilidade e agilidade vc tem um animal otimo de trabalho! Exemplo e o Doc Bar...um fracasso nas pistas (pelo q li nesse blog) e um sucesso na apartacao etc. Ou o Freckles Playboy e por ai vai...nao e pq vc teve uma potra louca de corrida que pode generalizar ne?

Mas oque vale para mim e vencer aquela foto-celula no menor tempo. Nao importa se a virada for medonha, se o animal compensar nas retas...logico se virar bem e correr ai nao tem para ninguem como a Holland Shake mostrou na prova da FNSL...ficou 300 centesimos a frente do melhor cavalo fechado em trabalho! Gente, isso e uma eternidade!!!!

Um abraco para todos!!

Andre

03/11/2008
Giuliana

Na realidade, o que faz um cavalo se tornar bom é o treinamento,o manejo e a indole do animal, um cavalo que misture as duas linhagens seria o ideal para tambor, pois une as qualidades de velocidade, agilidade e habilidade, isso no meu ponto de vista.Porém, sendo ou não fechado em corrida, ou fechado em trabalho ou unindo as duas linhagens, eles sempre serão um bilhete de loteria, e me desculpem quem defende a linhagem de corrida, mas o cavalo de corrida, ele sim é um tiro no escuro. Falo isso porque tenho uma egua que é fechada em corrida, e quando potra tinha um gênio difícil, que só veio a melhorar depois de um certo tempo. Gosto de unir cavalos de apatação com cavalos de corrida, é o acasalamento perfeito.
02/11/2008
Andre

Dr Hernani,



Seu filho tem um otimo cavalo nas maos e isso prova que cavalos de corrida podem ser tocados por amadores e ai vc ja ve o estrago que ele faz, chegando na frente, facilmente dos profissionais que montam cavalos de trabalho! Foi assim nas ultimas provas que assisti comecando no Nacional...Os amadores com bons cavalos de trabalho sao melhores que os profissionais com bons cavalos de trabalho! Imagina so!!!



Parabens a voce e seu filho pelo sucesso!



Abs



Andre
02/11/2008
hernani

Prezado Andre

Os cavalos de corrida sao e sempre serao mais quentes q os de trabalho,se sao bravos ou nao isto mitas vezes e questao de manejo.

Sou veterinario,competidor e PRINCIPALMENTE, PAI.

Pq se nao fosse por meus filhos jamais ( sera ??) teria cavalos pra tambor.Mas tive a felicidade de ter um filho q e tao ou mais maluco ( e mais cavaleiro do q eu rsrsrsrsrsrs) do q o pai dele,pra correr os meus horses de corrida,e gracas a eles q nos conseguimos ganhar varios titulos nacionais.

Mas ter um cavalo bom e dificil e ter alguem para montar e mais dificil ainda,veja os ultimos resultados, no meio dos profissas so um verdadeiramente amador,o meu filho Hernani.

Por isso vou continuar tentando pq ver seu "bebe" brigando de igual para igual com as feras nao tem preco ( parece ate propaganda de cartao de credito )

Abracos p todos
01/11/2008
Herinaldo Menezes Costa

Para nós da THE HORSES o cavalo ideal para provas de Tambor tem que ter habilidade, boa estrutura óssea e muscular, resistência e, principalmente velocidade.

Em nossa opinião e experiência o cavalo com pedigree de Corrida somente será um ótimo cavalo para provas de Tambor, se ele possuir boa índole e alguma habilidade, além disso, é indispensável que tenha uma doma racional, e não somente ser domado para provas de corridas. É importante observar que, atualmente, alguns cavalos de Corrida têm apenas habilidade e musculatura desenvolvida para correr, tornando-se muitas vezes agressivo quando lhe é exigido treinar e participar de outros tipos e provas como é o caso de provas de Tambor.

Somos favoráveis ao cruzamento de Corrida com Trabalho para as provas de Tambor. Todavia é indispensável que a linhagem de trabalho tenha habilidade e resistência como são os cavalos de criação da KING RANCH, antigos animais de corridas e trabalho ao mesmo tempo, como os(as) filhos(as) do FAILAS, EL ZORRERO e DAN’S BOY.

01/11/2008
Andre Guimaraes

Oi Marina



Acho q nos EUA pelo que leio tem MUITO mais jovens, amadores e criancas correndo no tambor. La as provas grandes dao mais de 1500 inscricoes so no tambor... Entao nao e por ai. O cavalo e o cavaleiro tem que estar no mesmo nivel sempre. Nao se pode achar que um jovem inexperiente vai tocar a Holland Shake!



Entao esse seu argumento infelizmente nao procede. E digo mais, quantas vezes ja nao vi cavalos de trabalho muito bravos com meninos ou meninas de 10 anos...cavalo de trabalho pode ate nao correr, mas e mais bravo que cavalo de corrida pelo que leio por ai.



Mas voce deve continuar com animais de trabalho, porque hoje existe esse tal de premio divisional que ajuda a todos a garanharem algum premio. Os animais de trabalho pelo que leio neste site representam 90% dos animais em competicao, entao nao precisa se preocupar pq existe uma montanha de cavalos de trabalho ainda!



E lembre-se, ajuste o montador a montaria sempre! Nao adianta ter um cavalo melhor do que quem monta nele! Com essa regra nao importa se e trabalho ou corrida, voce tera o animal certo para voce! Os amadores e jovens que nao sao bons devem optar por cavalos de trabalho e conforme forem melhorando, deverao optar por um cavalo ganhador, seja de corrida ou trabalho. A Gabriela Ferro que o diga com o seu Cashanova!



Andre
31/10/2008
Marina

Gostaria de uma informacao, quem souber por favor me informe

Nos EUA as prova para junior e jovens tem bastante competidores??? E eles dao conta desses tao famosos cavalos de corrida???? Porque o que me preocupa e a velocidade com que todos irao partir para corrida esquecendo os execelentes animais de trabalho, e com isso nosso jovens principiantes nao terem cavalos para poder competir.

E como ficaremos quando nossos jovens quiserem iniciar e nao tiver os maravilhosos cavalos de trabalho???
29/10/2008
hernani

Prezados amigos,quem me conhece sabe q sou um dos pioneiros a ter cavalos de corrida no tambor.No entanto acredito q em 1o.lugar nem todo cavalo de corrida serve para tambor,e depois nem todo bom cavalo serve para amadores,criancas etc...

Por isso acredito como a maioria q o cruzamento corrida( mas com animais comprovadamente aptos para tambor) x trabalho vai provar ser o mais PROVEITOSO.Vejam bem, isto dito por um cara maluco pelos cavalos de corrida e q este ano vai tirar 5 potros do Jerry Verde com eguas de corrida

abracos a todos
29/10/2008
rafael simões

SOU CONTRA O CORRIDA VERSOS TRABALHO E

A FAVOR DO CORRIDA COM TRABALHO !!!



ABRAÇO A TODOS !!!
29/10/2008
Giuliana

Eu acho que corrida fechado não seria a linhagem ideal pro tambor, mas trabalho fechado tambem não! Para mim o essencial no cavalo não é só a velocidade, mas a habilidade e agilidade são muito importantes. A maior apidão do cavlo de corrida é correr e do cavalo de trabalho é trabalhar, é preciso unir essas qualidades para que o cavalo seja realmente bom, por isso acho muito melhor um cavalo tenha as duas linhagens, tenho uma egua de corrida e um potro mestiço de trabalho, vejo a diferença entre os dois, e dai tirei essa conclusão, esse ano, tirei um embrião dela com um cavalo de apartação, tenho certeza que fiz o acasalamento certo. Confesso que tenho medo de minha egua, então não deixo ela correr tudo que pode nas provas, então faço 18 com ela no "galopão", abrindo muito no primeiro, tocando ela um pouco só na volta ,em nossa primeira prova fizemos 17s600, e ela tinha apenas 15 dias de treinamento pra tambor, lembrando que não é uma egua nova tem 10 anos, mas apenas 1,5 de tambor , o tempo subiu devido traumas de alguns acidentes que tivemos. Sinceramente eu acredito que o futuro do tambor esta no acasalamento corrida x trabalho.
29/10/2008
André Morganti

Concordo com vocês, e agora com esses animais de linhagens de corrida, importados, mas com uma tradição em provas de tambor, com certeza será questão de tempo para termos esse recorde quebrado...e que esse é o caminho, eu tenho absoluta clareza, e isso só o tempo é que vai dizer. Só sei que eu tenho um Nordick , potro futuro 2009 e concordo com vcsem genero numero e grau ... abrçs

André
29/10/2008
Adelson Marinho Junior

A grande diferença e que nos USA as provas são divididas em muito mais " D " que aqui no Brasil e nem todos cavalos de corrida andam baixo la. E o tempo para durar um cavalo e muito maior, ja que tem cavalos de 1D, 2D, 3D, 4D, 5D, 6D ....

Ou seja nao precisa se preocupar tanto com o tempo do animal e apertar tanto um cavalo como aqui para se levar um bom prémio para casa...

E ai que entra o grande fator... o cavalo de trabalho e muito mais maleavel que um de corrida... e você pode ter mais paciencia para fazer um animal de corrida pois desde novo ja vai para as provas e esta ganhando ja algum premio.

Coisa que nao acontece no Brasil... Por isso o cavalo de trabalho e predileto ainda a grande maioria uma vez que ele aceita muito mais "pau" em questão de treinamento do que um cavalo de corrida e sem espanar logo de cara.

Abraço a Todos Leitores e Organizadores da Faz. Nsa Sra de Lourdes.
O Blog (painel de notícias) da Fazenda Nossa Senhora de Lourdes é um espaço criado para a divulgação de informações e troca de idéias, permitindo, inclusive, a participação de terceiros por meio de comentários. A opinião expressa nos comentários reflete a opinião do autor e, não necessariamente, representa a opinião da FNSL. A Fazenda Nossa Senhora de Lourdes não se responsabiliza pelo teor destes comentários. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do visitante que enviá-lo, sendo o número IP, data e horário da postagem armazenados em nosso sistema.
Fazenda N. Sra. de Lourdes - Jaguariuna:(19) 3867-1226. (11) 3071-3866 | Fazenda Estrela do Sul - Uberaba:(11) 3071-3866 . (34) 9960-6172
Desenvolvido por Mercado de Cavalos