ANCA "Libera" o Numero de Animais
09/07/2008
« Voltar

Mostrando que a modernizacao e necessaria devido ao crescimento das modalidades e do aumento de cavalos competindo, agora foi a vez da ANCA anunciar que vai permitir que um competidor possa montar em ate 10 cavalos + um sem numero de animais castrados!! Sera que a ANCA vai ser descredenciada por parte da ABQM, assim como foi a APTB recentemente?

Veja a regra nova da ANCA:

"Um proprietário pode inscrever um numero ilimitado de animais, com cavaleiros determinados pelo mesmo, desde que não venha a transgredir a regra 18 que diz "fica aprovado para os competidores a apresentar nos eventos promovidos ou oficializados por nossa Associação, um total de 10 (dez) animais inteiros (garanhões e éguas) mais os animais machos castrados, esses últimos, sem limite de quantidade"."

Agora sao as duas maiores associacoes do mundo esportivo do QM (ANCA e APTB) que mostram o caminho para o progresso e a evolucao dos esportes equinos no Brasil. Liberando o numero de cavalos por competidor, a ANCA e a APTB incentivam o crescimento das modalidades de maneira responsavel.

Nos da FNSL acreditamos que a liberacao do numero de cavalos (pode ate limitar a 10 como fez a ANCA) vai permitir que o mercado cresca mesmo que no comeco de forma concentrada. Depois, com o desenvolvimento de novos treinadores e profissionais do cavalo, essa concentracao ira diminuir. Mesmo porque nenhum treinador consegue ter em seu centro a longo prazo mais que uns 30 animais treinando. No curto prazo, ele pode ate ter 40-60 animais, mas ele vai ter que contratar mais gente para fazer o aquecimento, tratar, e manejar os animais. Assim mais pessoas serao treinadas e ai o negocio como um todo cresce no longo prazo.

Temos que juntar a forca da ABQM, uma associacao da raca, com a forca das associacoes do esporte equino (ANCA e APTB). Juntos, teremos um so ganhador: os amantes e profissionais do cavalo QM.

Nota do Site: Daniela, sim a ABQM nao oficializa as provas da APTB ja que o regulamento desta nao e EXATAMENTE igual ao da ABQM. E a grande diferenca na regra entre as duas e exatamente a liberacao do numero de animais pela APTB. Existem outras menores que nao sao relevantes. Se isso for levado em conta, a ANCA tambem perdera o selo da ABQM. Vale lembrar que nos EUA, a AQHA apoia e oficializa as provas da NBHA.
Sobre o risco de se concentrar as vitorias em poucos, nao achamos que isso aconteca porque na ponta as competicoes vao sempre ser muito competitivas. Hoje existem uns 30 cavalos com condicoes de ganhar as provas importantes. E o sistema divisional de premiacao ajuda a incentivar aqueles que nao fazem os melhores tempos. O que nao pode continuar acontecendo e ver 200 cavalos correndo e so 5 ganhando um premio, seja em dinheiro ou nao. Temos que aumentar o numero de "ganhadores" quando temos um numero tao elevado de competidores.



Comentários
» Enviar seu comentário


12/07/2008
Pati Salles

Olá,



eu sou particularmente contra a liberação do número de animais pois acredito que com o mercado ainda não tão solidificado, isso pode concentrar ainda mais as vitórias nas mãos de alguns competidores, desestimulando outros que não tenham a mesma oportunidade.



Pati
10/07/2008
Daniela Silva

É definitivo isso mesmo que a APTB foi descredenciada pela ABQM? Qual o motivo alegado?

Ouvi varios comentarios mas ninguem soube me confirmar isso.

Olha, pelo pouco que eu já vi em Congressos e Nacionais, duvido que a ABQM descredencie a ANCA.

Acho que a falta de consideração da diretoria da ABQM é so pelos competidores de tambor, acredito que o povo da apartação tenha mais consideração deles (diretoria da ABQM).

Bom vamos ver o que a ABQM resolve, eu acho que a ANCA esta certa em fazer essa mudança.

Abraços a todos
09/07/2008
Rafael Simões

Pois é...

AGORA vamos ver que atitude a ABQM vai tomar.



O Blog (painel de notícias) da Fazenda Nossa Senhora de Lourdes é um espaço criado para a divulgação de informações e troca de idéias, permitindo, inclusive, a participação de terceiros por meio de comentários. A opinião expressa nos comentários reflete a opinião do autor e, não necessariamente, representa a opinião da FNSL. A Fazenda Nossa Senhora de Lourdes não se responsabiliza pelo teor destes comentários. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do visitante que enviá-lo, sendo o número IP, data e horário da postagem armazenados em nosso sistema.
Fazenda N. Sra. de Lourdes - Jaguariuna:(19) 3867-1226. (11) 3071-3866 | Fazenda Estrela do Sul - Uberaba:(11) 3071-3866 . (34) 9960-6172
Desenvolvido por Mercado de Cavalos