Precisamos de Mais Provas para Potros!
08/04/2008
« Voltar

Infelizmente, fazer um cavalo de tambor demora de 3-5 anos. Nao e igual a um cavalo de corrida que com 2.5 anos voce ja sabe se vai ser bom ou vai virar descarte.

Por isso, os criadores de cavalos de corrida conseguem investir de forma apropriada na criacao do potro. No tambor e diferente, e por isso faz muito sentido comprar o descarte da corrida. No tambor, o criador tem que investir pelo menos os mesmos dois anos e mais dois anos de treinamento para ter alguma esperanca que o animal vai dar certo. Mesmo porque, o animal podera de fato so se "firmar" com 5 ou 6 anos.

E para piorar as coisas, nao existem hoje muitas provas para esse animais. Provas especificas e com premiacoes boas que possam incentivar criadores e treinadores a investirem de forma adequada nos potros sao raras.

Por isso, precisamos de mais provas para os potros do futuro. Hoje temos pouquissimas provas - de fato tres que tem algum diferencial.

A melhor em termos de premiacao e a da APTB devido a sua otima premiacao garantida. A melhor em termos de status e o Potro do Futuro da ABQM. E ainda temos o bom Potro do Futuro da NBQM. Fora isso, nossos potros ficam a merce de provas denominadas iniciantes ou jack-pot e por ai vai.

E a culpa e dos proprietarios dos garanhoes. Nos EUA, os proprietarios dos garanhoes incentivam as provas para os potros que tiverem a linhagem deles com uma premiacao boa. Isso e otimo para os donos dos garanhoes ganhadores e para os potros tambem.

Nos EUA, de acordo com a Latricia Duke, sao de 12-16 boas provas para potros por ano que ocorrem entre os meses de dezembro a dezembro com uma pausa no verao. Quer dizer, os potros correm quase que o ano todo em provas especificas. Nao existe isso que potro de 4 anos so deve correr 1-2 provas e depois ir "descansar" por 6 meses. Isso so encarece o trato do animal e nao traz necessariamente beneficios.

Assim, existem profissionais que so correm nos potros, e assim fazem cavalos para o mercado amador, jovem e principalmente profissional.

Aqui o potro corre 1-3x em provas especificas e depois so contra os cavalos mais velhos nas demais provas.

A FNSL esta estudando um Potro do Futuro incentivado pelos donos dos garanhoes. A proposta e distribuir premios elevados nao so para os potros ganhadores mas para os donos dos garanhoes vencedores.

Acreditamos que em se juntando uns 20 garanhoes com cada um pagando uma quantia que pode ser de R$3,000-R$5,000, isso ja seria o suficiente para fazer uma bela prova para os potros. A vaquejada ja faz isso, e agora precisamos fazer no tambor tambem.

Os potros precisam de mais provas para correr e assim desenvolver com mais rapidez, mas nunca sem o devido cuidado, os animais para a modalidade de tres tambores. Isso seria otimo para o mercado como um todo.



Comentários
» Enviar seu comentário


13/04/2008
Heleno Lima

A idéia é simplesmente sensacional. É necessário formatá-la e operacionalizá-la para poder se tornar uma realidade. Nós no Haras Saquarema (Sobradinho-DF) temos uma belíssima linhagem de Tambor, oriunda do Double Sky Dancer, um garanhão comprovado em Três Tambores e Baliza que correu pouco por lesões e a distância das grandes competições, mas que, mesmo assim, tem a segunda melhor média, como garanhão em atividade, de aproveitamento nas competições da ABQM nas provas pontuadas. (O primeiro é o Victory). Como nós devem existir muitos outros criadores sem oportunidade de mostrar seus novos produtos. Vamos tocar em frente. Heleno.

para ver o pedigree do "DUBLÊ" entrar em www.allbreedpedigree/double+sky+dancer
10/04/2008
Cíntia Knowlton

Thomas, tudo bem? Primeiro quero lhe parabenizar por colocar mais esta ferramenta em seu site. Agora quanto este comentário sobre os potros, se tivéssemos as provas de Tambor divididas em Jr e Senior, como permite o regulamento ABQM/AQHA, poderíamos melhorar muito o desenvolvimento dos potros nas pistas e eles não competiriam com os cavalos mais velhos/experientes. Abs Cíntia Knowlton
08/04/2008
Alex josé bicudo teixeira

Acho que o caminho é esse,os proprietários de garanhões devem se organizar para que hajam mais provas nesta modalidade. Crio QM desde 1998 ,nosso rancho tem 10 éguas selecionadas da linhagem de trabalho e velocidade,antes só investimos em coberturas e só agora que adquirimos garanhão chefe para o nosso rancho ,porque o proprietário do haras já tem uma premiação para os filhos de seus garanhões até 2015 nas 3 principais provas da ABQM. Acreditamos no potencial dos principais criatórios para esta modalidade fantastica que é o 3 tambores,para que possa se desenvolver e crescer os numeros das provas.
O Blog (painel de notícias) da Fazenda Nossa Senhora de Lourdes é um espaço criado para a divulgação de informações e troca de idéias, permitindo, inclusive, a participação de terceiros por meio de comentários. A opinião expressa nos comentários reflete a opinião do autor e, não necessariamente, representa a opinião da FNSL. A Fazenda Nossa Senhora de Lourdes não se responsabiliza pelo teor destes comentários. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do visitante que enviá-lo, sendo o número IP, data e horário da postagem armazenados em nosso sistema.
Fazenda N. Sra. de Lourdes - Jaguariuna:(19) 3867-1226. (11) 3071-3866 | Fazenda Estrela do Sul - Uberaba:(11) 3071-3866 . (34) 9960-6172
Desenvolvido por Mercado de Cavalos