Premiacao Divisional Paga US$10.2 mln!
01/04/2008
« Voltar

Nada como se ter numeros compilados para se provar a eficacia de um sistema.

Na edicao de Março da Barrel Horse News e de acordo com a Equi-Stat, US$13.9 mln foi o total de premios distribuidos na modalidade de tres tambores durante o ano de 2007. Foram 258 provas durante o ano com uma premiacao maior de US$20,000 (premiacao menor nao entra na conta).

Foi considerado todo tipo de prova - futurities, provas AQHA, derbies, provas particulares etc.

Quase metade das provas se encaixou no intervalo de US$20,000-US$36,000 em premios. Aparentemente, a maioria dos competidores priorizaram as grandes provas com premiacao maior que US$50,000.

O sistema de premiacao divisional (em faixas de tempo) foi o resposanvel pela grande maioria dos eventos e geracao de riqueza nos tres tambores americano.

Nada menos que 223 provas foram no sistema divisional, ou seja 86% delas. Estas provas pagaram US$10.2 mln em premios, ou seja 73% do total dos premios.

Esse sistema foi o unico que cresceu no ano de 2007, cerca de 7% em termos liquidos.

Os futurities representaram cerca de 20% do total pago em premios durante 2007, ou seja US$2.8 mln em 128 provas. Os derbies representaram 3% do total pago em premios. Esses dois tipos de prova nao sao no sistema divisional por motivos obvios.

Os outros 4% foram provas do tipo AQHA que so pagam os melhores tempos, mostrando claramente que esse tipo de prova esta se tornando irrelevante nos EUA.

Aqui no Brasil, o sistema divisional ja paga maiores premios que o sistema que paga so para os melhores. A premiacao total do sistema divisional e aproximadamente 2x maior que a premiacao de provas que nao contam com esse sistema. E com o tempo, a distancia que hoje nao e muito grande, vai se tornar um vale enorme. Ninguem hoje tem coragem de organizar uma prova particular que nao seja em divisoes. O sistema divisional nao so remunera um numero maior de faixas de tempo, incentivando assim a todos correrem, como ajuda a desenvolver o comercio do cavalo de tres tambores. E sem duvida, isso faz a modalidade crescer, porque ninguem alimenta seus cavalos, paga inscricoes, ou o frete com pontos de performance.

A NQBM faz um mix muito inteligente, usando o regulamento ABQM mas premiando em divisoes. Esse tipo de criatividade e muito importante e ajuda no debate e na melhora das regras, unindo o melhor dos dois regulamentos. E o sucesso disso esta no numero cada vez maior de inscricoes que o campeonato tem!

Nossa unica critica construtiva ao regulamento da ABQM e o limite de conjuntos por categoria - quatro. Nos achamos que um competidor de fato nao tem como correr muito mais que 4-6 cavalos numa categoria. Mas acreditamos que regulamentar isso nao e preciso, a performance do competidor que quiser correr 15 cavalos por exemplo ja vai "regulamentar" ele a nao fazer isso, ja que ele perde o foco, concentracao, e nao vai render. Ele vai correr 1, 2 3x provas assim e depois vai ver que nao vai conseguir "dar conta". E ai volta a correr os 4-6 cavalos...



Comentários
» Enviar seu comentário


Ainda não existem comentários para esta notícia.
O Blog (painel de notícias) da Fazenda Nossa Senhora de Lourdes é um espaço criado para a divulgação de informações e troca de idéias, permitindo, inclusive, a participação de terceiros por meio de comentários. A opinião expressa nos comentários reflete a opinião do autor e, não necessariamente, representa a opinião da FNSL. A Fazenda Nossa Senhora de Lourdes não se responsabiliza pelo teor destes comentários. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do visitante que enviá-lo, sendo o número IP, data e horário da postagem armazenados em nosso sistema.
Fazenda N. Sra. de Lourdes - Jaguariuna:(19) 3867-1226. (11) 3071-3866 | Fazenda Estrela do Sul - Uberaba:(11) 3071-3866 . (34) 9960-6172
Desenvolvido por Mercado de Cavalos